quinta-feira, 21 de março de 2013

Mangal das Garças comemora o Dia Mundial da Água


O Dia Mundial da Água, comemorado em 22 de março, será lembrado em uma programação organizada pelo Parque Naturalístico Mangal das Garças no próximo domingo, 24, focada na preservação da natureza. Com o o espetáculo teatral "O guardador de águas" e a oficina "O ciclo da água em mosaico e colagem", a Cia Cênica Extraordinários pretende despertar no público a consciência ambiental e hábitos ecologicamente corretos. As atividades iniciam às 10h, no entorno do Memorial da Navegação.
O espetáculo "O guardador de águas" abre a programação. Voltado ao público infantil e utilizando a técnica da contação de história, o  enredo tem como personagem principal uma menina, que narra os ensinamentos de seu pai. Um deles é o de fazer o encurtamento da água, que consiste em apanhar um pouco da água de rios e lagos e armazená-la em frascos de vidro.
Em seguida, será ministrada a oficina "O ciclo da água em mosaico e colagem". "Vamos fazer uma introdução poética sobre o ciclo da água no planeta e até o momento em que ela chega às nossas casas. Através de músicas, colagens e a criação de mosaicos com papel, convidaremos as crianças para interagirem conosco em uma criação coletiva", conta a produtora da Cia Cênica Extraordinários, Mônica Gouvêa. 
"Nosso objetivo é oferecer, cada vez mais, programações voltadas para o público infantil com foco na preservação da natureza. Queremos despertar as crianças para a importância deste bem para todos nós, utilizando uma linguagem lúdica, acessível para elas, de forma a transformá-las em multiplicadores da preservação ambiental", explica a presidente da Organização Social Pará 2000, Gabriela Landé.
Clubinho Mangal
Durante a programação, a criançada também conhecerá o funcionamento do projeto Clubinho do Mangal. Lançado em 2012, ele busca aproximar as crianças do conceito de ecologia, fazendo com que elas procurem compartilhar os conhecimentos adquiridos com familiares e outras crianças. Quem integra o Clubinho é considerado um embaixador do Mangal das Garças. Para fazer parte do projeto é preciso que a criança participe de uma programação cultural do Parque, como o teatrinho do Mangal ou as visitas monitoradas. Depois disso ela pode solicitar a carteirinha, que dá direito a ser sócio do clube por um ano.
Fonte: Agência Pará

0 comentários: