quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Museu Goeldi cria jogo educativo para a iniciação científica

Por meio do Projeto Clube do Pesquisador Mirim, a Coordenação de Museologia do Museu Paraense Emílio Goeldi passou a desenvolver um projeto que utiliza o Parque como cenário para um jogo de tabuleiro físico e virtual. O jogo “Conhecendo a Fauna, a Flora e Curiosidades do Parque Zoobotânico” se baseia nas visitas guiadas pelo Museu e segue com um caminho em que se apresentam diversas perguntas, por meio de cartas, sobre o Parque.

O jogo foi desenvolvido pelas crianças que participam do Clube do Pesquisador Mirim orientadas pelos monitores. “O objetivo era criar um ambiente em que as próprias crianças pudessem desenvolver o jogo a fim de que correspondesse melhor aos interesses dos colegas da mesma idade. Eles puderam ajudar nas escolhas das perguntas que mais se encaixam no perfil delas, no caminho em que os jogadores percorrem e no layout do jogo”, diz Edson Luiz Costa Lopes, pesquisador do Museu que desenvolveu o projeto.

Além do jogo em si, já finalizado, uma versão virtual está em processo de desenvolvimento. Com isso, espera-se disponibilizar para mais crianças a oportunidade de brincar com a ferramenta. A versão virtual traria mais acessibilidade, portabilidade e estaria correspondendo com as expectativas dos alunos. “O jogo virtual condiz com a realidade das crianças, que vivem na era dos computadores. Isso trás uma forma de ensino agradável de conscientizar as crianças da questão ambiental além de trazer a ciência dos seus olhares”, diz Edson.

Os jogos complementam o trabalho de estimular a iniciação científica, aproximar as crianças da pesquisa, conhecendo melhor a fauna e flora, além de manter contato com o pesquisador na sua área de atuação, por meio de entrevistas, visitas técnicas e observações.

Clube do Pesquisador Mirim - O projeto, que começou em 1997, dá a oportunidade à crianças de acompanhar as pesquisas realizadas pelo Museu Goeldi. O Clube realiza encontros semanais e diversas atividades diferenciadas que envolvam trabalho em grupo e dinamização na aprendizagem. Os pequenos alunos são escolhidos por meio de um processo seletivo feito anualmente.

Fonte: Agência Museu Goeldi

0 comentários: